Empreender ou Trabalhar de Carteira Assinada?

Qual é o melhor caminho?

Os tempos mudaram, como nunca antes hoje temos acesso rápido e fácil a informação, e as vezes muita informação mesmo sendo boa pode atrapalhar na hora de uma decisão.

Mas em pleno o seculo 21, o que é melhor, empreender ou trabalhar de carteira assinada?

x

Minha opinião vai te surpreender, diversas pessoas já se libertaram de dúvidas internas de discussões interiores com que eu vou te falar aqui, aliás diversas pessoas já alcançaram a felicidade que esse conceito simples que eu vou trazer agora pode causar sobre trabalhar de carteira assinada ou sobre empreender.

Já vou deixar um alerta para você, não vou explorar o conceito histórico do trabalho, o trabalho vem do latim e significa uma expressão de um objeto para torturar escravos, Tripalium era um objeto de três pés que era para prender boi ou cavalo para botar uma ferramenta nele e também um objeto de tortura dos escravos não é esse meu objetivo, ok.

Meu objetivo é te ajudar verdadeiramente a decidir entre trabalhar de carteira assinada ou empreender.

Talvez você se surpreenda profundamente com a resposta que eu vou te passar. Vamos lá, cada dia que passa eu ouço, ainda mais nessa época de internet, o que é melhor fazer, empreender ou trabalhar de carteira assinada?

GRANDE DUELO

Começa a parecer que existe até um duelo, ah ele vai trabalhar a vida toda coitado dele, vai trabalhar e trabalhar até se aposentar ganhando menos do que ganha hoje.

Do outro lado, ah ele vai ser um empreendedor é uma pessoa que veste a camisa e vai empreender, vai ser o herói do empreendimento.

Eu não vejo assim, quero te dizer que existe uma outra forma de ver exatamente isso.

De um lado o trabalhador que vai passar a vida trabalhando, e alguns rotulam de coitados. Do outro lado tem o empreendedor que é feliz em ganhar dinheiro, é milionário tem uma BMW, mora numa cobertura triplex de frente para a praia, e é feliz para o resto da vida dele. Isso é o que muitos acham do empreendedorismo.

 

Vamos a um exemplo:

A pessoa abriu uma lojinha na esquina, ou uma padaria ele virou o empreendedor? Na minha opinião não necessariamente.

Pra mim empreender é você remunerar a sua paixão, isso mesmo, empreender é remunerar a sua paixão, eu sei que você tem uma paixão.

Vou pegar o exemplo de uma pessoa que ama trabalhar com animais o sonho dessa pessoa é se tornar uma veterinária ou veterinário, essa pessoa que ama animais ela montou uma padaria e acorda às 4 horas da manhã para fazer pão, ela não gosta de lidar com gente, ela não gosta de gerenciar a equipe de pessoas, mas tem aquela padaria.

Verdadeiramente ela está sendo feliz? Verdadeiramente ela tem uma felicidade só porque agora ela é uma pessoa empreendedora?

Não, porque ela não está remunerando a paixão dela, entende isso?

Agora imagina essa pessoa exercendo o que ela ama fazer.

E por outro lado várias pessoas continuo trabalhando, sendo funcionárias tendo salários CLT, carteira assinada, benefícios porém elas fazem o que elas amam.

 

Pessoas Intraempreendedora

Então elas viraram uma pessoa empreendedora dela própria, uma pessoa intraempreendedora ela empreende no trabalho dela. (Caso não saiba o que é uma pessoa intraempreendedora pesquise no google para entender um pouco mais.) E funcionários que são empreendedores, eles crescem assim como empreendedor que faz o que ama.

A chave não é montar uma padaria ou continuar empregado de alguém, nem uma coisa nem outra, a resposta não está aí, a chave não é essa, a resposta é…. você hoje remunera a sua paixão?

E pouco importa se você remunera sua paixão trabalhando para alguém ou sendo empreendedor e tendo seu próprio negócio, o fato é que se você trabalha não remunera sua paixão, você provavelmente está infeliz com que está fazendo.

E se você empreende tem um negócio e não remunera à sua paixão, provavelmente está infeliz no que você faz, conheço muitas pessoas que são completamente infelizes no seu trabalho, alguns até admitem outras não, mas o fato é que suas ações falam mais alto do que suas palavras.

 

REMUNERE SUA PAIXÃO

Várias outras são infelizes com seu negócio próprio, simplesmente por não estarem remunerando sua paixão.

Na minha “OPINIÃO” não existe o melhor ou pior, existe sim o fato de você está ou não remunerando sua paixão.

Não importa o quanto de dinheiro você está ganhando, não importa se você empreende ou se você trabalha com a carteira assinada. Na verdade sabe o que importa, se você ama o que você faz, o tempo está passando.

Sim, o tempo está passando e não volta mais, trabalhe sim para ganhar o quanto de dinheiro você achar bom para você.

Talvez no inicio da sua carreira seja ela qual for, você precise trabalhar com que aparecer, e tá tudo certo, não é desmérito algum trabalhar com o que não remunera sua paixão, mas faça consciente, use isso de ponte para chegar ao trabalho que remunere a sua paixão.

Só não passe sua vida inteira trabalhando apenas por dinheiro e vivendo infeliz.

 

Esse é o meu ponto de vista, espero ter contribuído!!

 

Receba conteúdo de altíssimo valor sobre empreendedorismo!

osandrosantos

osandrosantos

Empreendedor. Creio que quanto mais conhecimento mais rápido e maior será o crescimento das pessoas!!

Website: